AO VIVO OUÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Notícias

02.11.2018

Juíza Gabriela Hardt assume temporariamente ações penais da Lava Jato

Com a decisão do juiz federal Sérgio Moro de aceitar o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para assumir o Ministério da Justiça, quem assume temporariamente as ações penais da operação Lava Jato é a juíza substituta da 13ª Vara Federal de Curitiba, Gabriela Hardt. Ela permanece no cargo até que haja a escolha do novo juiz que deve ser feita pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Por ser juíza substituta, Gabriela Hardt não pode ocupar o cargo como titular. Hardt é paranaense, tem 42 anos e cresceu em São Mateus do Sul, a 150 quilômetros de Curitiba. Formada em direito pela Universidade Federal do Paraná, onde o juiz Moro dava aulas, Gabriela foi nomeada juíza em 2009 para ocupar uma vaga em Paranaguá, no litoral do Paraná. Cinco anos depois, assumiu o cargo de juíza substituta na 13ª Vara Federal. Com a decisão de se afastar do Judiciário, Moro não julgará mais o ex-presidente Lula.

A partir da próxima segunda-feira, Gabriela Hardt é quem começa a interrogar os réus da ação penal que acusa se o petista recebeu vantagens indevidas de empreiteiras na reforma de um sítio em Atibaia (SP). Lula será interrogado no dia 14 de novembro. A juíza ainda deve ser a responsável por sentenciar os réus da ação que investiga se Lula recebeu propinas da Odebrecht para a compra de um terreno onde seria instalada a sede do Instituto Lula. Este processo está na fase de alegações finais, que é a última etapa da ação antes da sentença do juiz.




Por: Thaissa Martiniuk - Bandnews FM Curitiba

CONTATOS

(44) 3014-1115
(44) 99951-5252
paulopimentelm@gmail.com
http://radioingamar.com.br/

REDES SOCIAIS

Gerência: Paulo Pimentel
Email: paulopimentelm@gmail.com
Celular: (44) 99951-5252